levitra

| Blogspocc

Chefes de Estado dão bolo e Rocinha pensa em plano B

Na agenda do Rio + 20 dessa semana, estava programada uma visita dos chefes de Estado ao curso de modelos da Rocinha e presença no desfile, preparado para eles, no Complexo Esportivo da comunidade.

Mas não aconteceu, pelo menos não da forma que tinha sido preparado. Os chefes de Estado não foram e desmarcaram em cima da hora. Mas eles não ficaram parados, Zé Luis, fundador do curso, que trabalha com moda há mais de 20 anos, não deixou a peteca cair.

Organizaram um desfile em plena Via Apia, rua principal da Rocinha, com direito a fleches, filmagem e muitos moradores vendo e aplaudindo. O desfile deu início do começo da Via Apia e foi até o Complexo Esportivo. Os modelos deram um show de superação e criatividade, desfilando de forma impecável entre carros, motos e moradores, uma rua super movimentada. Além disso, as roupas estavam impecáveis com acessórios recicláveis, que chamavam muita atenção.

“O nosso sucesso vem dos moradores da Rocinha em primeiro lugar.  Depois de hoje as meninas e os meninos estão preparados para tudo. Desfilar em plena rua movimentada é só para quem sabe. O importante é nunca desistir e continuar trabalhando, uma hora a gente chega a algum lugar”, declarou Zé Luis.


Mas teve muita gente que não gostou da desfeita e reclamou. “Eles estão praticamente brigando para fazer um documento que vai beneficiar só uma pequena parcela da população. Eles estão resolvendo problemas deles e não do mundo. Se esse documento fosse para o povo já tinha saído”, criticou morador da Rocinha, que não quis se identificar.

Thamyra Thâmara