levitra

| Blogspocc >> Eventos

Pautas comuns nos movem na mesma direção

Thamyra Thâmara

Nessa quinta-feira (13/12), no Preliminares, rolou  um ‘ Rolê no Grajaú’ com a presença de agentes culturais da região do Interlagos, ocupando o Centro Cultural Palhaço Carequinha junto ao Sampa Pé, Fora do Eixo, Ônibus Hacker, Ocupa Alemão, ESPOCC, entre outros. As redes participaram de um debate pautados em  questões  como: mobilidade, segurança e liberdade.

Diversos  coletivos da região, que desenvolvem trabalhos de ocupação de espaços públicos e incentivo à arte estavam presentes na roda de conversas, que teve exibição ao vivo pela Pós Tv. Entre as principais ações desenvolvidas, pelos produtores culturais da região, está o incentivo à cultura urbana, com oficinas de dança de rua e beat box em praças e em  escolas.

No primeiro momento de conversa foi levantado a importância dessa nova geração de periferia se afirmar por meio das semelhanças e não pelas  diferenças, já que a arte é um forte canal de conexão e de mobilidade dentro da cidade.

Entre as iniciativas presentes estava a galera do  Periferia em Movimento,  que trabalha com a comunicação comunitária, divulgando para os moradores do Grajaú as manifestações culturais da região. Diante disso, foi levantado a necessidade de construir uma rede de comunicação entre as periferias de São Paulo, com intuito de visibilizar as práticas culturais do território  e denunciar desigualdades.

Além disso o papo rendeu a criação de uma agenda de interesses comuns a todos, marcando reuniões presenciais e a criação de canais na internet e a apropriação do espaço público virtual, com o objetivo de criar novas narrativas dentro da disputa do imaginário periférico.

Periferias  de todo o Brasil se reconhecem na linguagem,  mas apesar das diferenças que existem no Brasil, o nosso discurso é de mobilidade, de ampliar a circulação e de derrubar as paredes da desigualdade. A luta por uma cidade mais igualitária e integrada é uma luta de todos, e entender isso nos leva para a mesma direção. Em um novo tempo em que não existirá mais ‘eles’  e nem o ‘outro’, um tempo em que será somente NÓS.