levitra

| Blogspocc >> Turma CD

Todos no mesmo Rio.

Complexo do Alemão

Por: Thiago Rodrigues

 

O carioca não está de cara nova. O carioca vive em processo de mutação, hoje cada vez mais. Não sei se pelas redes que construo ou nos territórios que circulo vejo que existe um crescente desejo de mudança. Mudança de postura, de entendimento, de cobrança e aceitação. Cada vez mais o morador deseja uma cidade pronta para si e não para quem vem visitar.

 

A cidade vive um momento de grandes transformações e abre espaço para novas linhas de raciocínio, novas lutas, novos objetivos. A violência, que por muitos anos dominou diversas áreas da cidade, começa a diminuir. Mesmo que a redução seja para uns e não outros. Mas essa baixa já é significativa, mostra que um problema, antes sem solução, pode ser tratado ou resolvido.
Muitos projetos sociais que conheço, participo ou participei estão
diretamente ligados ao desenvolvimento de áreas carentes de infra-estrutura básica. Áreas que não oferecem à seus moradores condições dignas para uma vida simples. E a mudança que vejo está diretamente ligada a este fato. Existem muitas pessoas trabalhando para que os direitos sobre a cidade sejam para todos e não para uma pequena parcela da população.

 

Acredito que esse trabalho está em crescente. Cada vez mais áreas têm
o mesmo tipo de trabalho e o mesmo objetivo: igualdade de direitos. Ao meu ver o carioca carrega esta bandeira como um símbolo. Um pensamento de que podemos todos viver em harmonia e respeitando nossas diferenças. Que a cidade está aberta para todos os moradores, não há fronteiras, não há limitações, pois o carioca vive no Rio.