levitra

| Blogspocc

Voluntárias por um mundo melhor

Entre os muitos voluntários da Youth Blast, estão jovens que se identificam com as questões levantadas na conferência das juventudes para o Rio+20 e que tem grande preocupação com nosso planeta, o que os motivou a participar do evento. É o caso da Carollyne Said, de 23 anos, que chegou a se candidatar para ajudar em todas as áreas que precisavam de voluntários, entre elas logística, credenciamento e comunicação. Para ela, qualquer forma de esclarecimento para os jovens é importante e vê no seu trabalho um jeito de fazer a diferença e mudar a maneira de pensar de muitas pessoas que ainda não se conscientizaram sobre temas que estão sendo abordados na Youth Blast e serão abordados também na Rio+20, como a sustentabilidade e o que cada um de nós pode fazer para ajudar o meio ambiente.

Quem também é voluntária é a Gabriela Pereira, uma defensora da voz dos jovens. Gabriela lembra que os jovens devem ser ouvidos e que nessa conferência eles têm a oportunidade de mostrar que têm opinião própria e que não devem ser taxados como “alienados”, como muitas vezes acontece. Ela ainda destacou que com seus 17 anos dificilmente conseguiria ser voluntária em algum evento e a Youth Blast proporcionou isso a ela.

Gabriela Pereira e Carolynne Said

E entre os volutários, há quem também vá participar da Rio+20. Trata-se da Luciana Cardoso, que grava mensagens dos participantes da Youth Blast para o mundo e que na Rio+20 vai trabalhar na subsecretaria de assuntos internacionais. Luciana é formada em Relações Internacionais e fez mestrado em Gestão Ambiental. Ela viu nas duas conferências a oportunidade de aprender ainda mais e de conscientizar as pessoas sobre as questões ambientais que ela tão bem conhece.

Luciana Cardoso

Raquel Ximenes